Radiologia

00/00/0000 - Saiba tudo sobre a Carreira de Radiologia: mercado para a especialidade, salário, perfil do especialista, Residência Médica e muito mais. Confira agora no Soul Medicina!

Radiologia e Diagnóstico por Imagem está no top 10 do ranking entre as especialidades mais procuradas, com 12.233 médicos radiologistas (63,9% masculino e  ‌36,1% feminino). Por ser a especialidade médica que mais evoluiu nos últimos tempos, ela possui um mercado altamente competitivo

Na Radiologia são utilizadas diversas radiações para fins diagnósticos e terapêuticos. Seus conjuntos de técnicas são capazes de detectar doenças através de imagens das estruturas internas do organismo. 

O profissional que deseja seguir essa carreira precisa ser versátil e ter conhecimento geral sobre toda Medicina, pois acontece muita troca com outras especialidades. Cabe ele também escolher quais os melhores exames a serem feitos, os protocolos corretos, entre outras tarefas. Confira na matéria o raio X completo dessa carreira!

 

 

O QUE FAZ E QUAL O CAMPO DE ATUAÇÃO DE UM RADIOLOGISTA?

O médico radiologista prepara e opera equipamentos de diagnóstico por imagem e é o único habilitado a interpretá-los. Para realizar tais atividades ele precisa ter conhecimentos gerais em formação e interpretação de imagens radiológicas, anatomia humana e tecnologias.
 
O campo de atuação destes profissionais é bastante vasto, podendo trabalhar em Hospitais Clínicas de Radiologia, Clínicas de Diagnóstico por Imagem e Laboratórios Ambulatórios.

A rotina de um profissional da Radiologia é extremamente operacional. Atualmente a área abrange uma variedade de técnicas, tais como: Mamografia; Ultrassonografia; Radiologia geral e contrastada; Ressonância magnética; Radiologia intervencionista; Tomografia computadorizada.

 

 

REMUNERAÇÃO EM RADIOLOGIA

De acordo com o site salario.com, o salário inicial para um Radiologista recém-formado é de R$3.321,13 para uma jornada de trabalho de 21 horas semanais.

Já a média salarial em Radiologia é de R$6.437,21, para uma jornada de trabalho de 23 horas semanais. Lembrando que o médico pode ganhar mais ou menos, conforme suas experiências e as habilidades profissionais. 

 

 

PERFIL DO RADIOLOGISTA

Para evitar tratamentos incorretos e complicações, o radiologista precisa tomar decisões rápidas e corretas. Outro ponto importante é ter controle emocional, já que a radiologia de diagnóstico auxilia na visualização de tumores, disfunções renais e demais doenças que não podem afetar o profissional a ponto de interferir na orientação com o paciente.

Também são atributos básicos desse profissional: proatividade, agilidade e capacidade de trabalhar sob pressão. Isso porque o tempo entre a geração e o armazenamento das imagens, a emissão do laudo e a análise pelo médico devem ser rápidos para não agravar ainda mais o quadro clínico do paciente.

Outras características desse profissional é o bom senso, compreensão, paciência e sensibilidade. Esse combo é imprescindível na vida de um radiologista, visto que na maioria das vezes atendem pacientes que estão em estado de fragilidade crônica. Mas cuidado: não pode haver o desequilíbrio emocional nem a frieza excessiva. É preciso de equilíbrio! 

 

 

PERFIL DO PACIENTE DE RADIOLOGIA

O Radiologista atende todas as faixas etárias, porém há mais recorrências nos atendimentos em pacientes a partir dos 40 anos. O nicho dessa especialidade é bastante amplo, onde cada vez mais brasileiros estão buscando por tratamentos preventivos e rotineiros

Houve uma crescente procura pelos serviços desses especialistas nas clínicas através dos planos de saúde. As principais queixas e patologias: osteoporose, fraturas, câncer de mama, tumores nódulos ou calcificações, lesões, esclerose múltipla, tumores hepáticos, carcinóides, melanoma ocular, complicações no transplante de fígado, etc.

 

 

MERCADO DE RADIOLOGIA

O aumento na facilidade do acesso aos planos de saúde fez com que a necessidade de profissionais da Radiologia também crescesse. Hoje, a população faz mais exames que precisam desses profissionais para acontecer.

Por conta dessas procura de serviços, atualmente há uma alta demanda de exames e plantões por todo o país

O médico de Radiologia pode escolher trabalhar tanto no setor privado como no público, e com diversos métodos de imagem. As opções variam desde trabalho em casa via Telemedicina, regime de plantão ou “períodos” de laudos.

A cidade com mais ocorrências de contratações e por consequência com mais vagas de emprego para Radiologista é o Rio de Janeiro. O mercado de trabalho na Radiologia, principalmente nas grandes capitais, está cada vez mais competitivo

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA

Para ter o registro de Radiologista, são necessários 3 anos de Residência em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, de acesso direto, em instituição credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM/MEC). 

Depois de concluir a especialização, ainda é preciso passar pelas provas teóricas e práticas do exame de suficiência do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR). Só depois de aprovado que ele recebe o título de especialista em radiologia médica.

 

 

SUBESPECIALIDADE DE RADIOLOGIA

A subespecialização de Radiologia, geralmente é escolhida para uma região do corpo: mamários, torácicos, músculo-esqueléticos, entre outros. Veja abaixo as áreas:  

 

 

AVANÇOS DA ESPECIALIDADE

A combinação das tecnologias de informação com a comunicação, promoveu avanços no campo da Radiologia Médica. Dentre eles é a união entre a Radiologia e a Telemedicina, ou a chamada telerradiologia, que possibilitou a emissão de laudos radiológicos a distância.

Com os registros digitais, radiologistas conseguem manipular as imagens, dando zoom ou aumentando o contraste, observando melhor qualquer alteração ou suspeita. Todos os laudos são assinados digitalmente, conferindo segurança e confiabilidade ao diagnóstico.

Por meio da telerradiologia, clínicas em locais remotos têm ampliado a sua oferta de exames e dessa forma, diminuído a carência de médicos radiologistas no Brasil.

 

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL DOS radioLOGISTAS

A distribuição de Radiologistas recém formados está localizado, principalmente nas regiões do Sudeste e Nordeste. Veja a distribuição completa dos especialistas no Brasil: Sudeste (52,9%  53); Nordeste (17,8%  18); Sul (16,9%  17); Centro-Oeste (9,1% 9) e Norte (3,4% 3)

 

 

FICHA TÉCNICA DE RADIOLOGIA

 

SE INTERESSOU?

Se você acha que esse é seu futuro, corre para pesquisar os próximos concursos de Residência Médica! Caso contrário, pode conferir outras especialidades no nosso Guia do R1

 

Outras Carreiras Médicas: 

 

Se identificou com Radiologia? Pensa em seguir outra Carreira Médica? Conta pra gente nos comentários! 

 

comaprtilhar 2 0 0 1706
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO