Medicina Intensiva

00/00/0000 - Saiba tudo sobre a Carreira de Medicina Intensiva: mercado para a especialidade, salário, perfil do médico intensivista, Residência Médica e muito mais. Confira agora no Soul Medicina!

A Medicina Intensiva possui acesso com pré-requisito e é uma especialidade médica relativamente nova, pois foi reconhecida após o surgimento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), nos anos 60, devido a constatação de que determinados pacientes graves poderiam ter um melhor atendimento se fossem reunidos em áreas específicas e acompanhados por médicos especializados.

 

 

CAMPO DE ATUAÇÃO

A atuação desse profissional compreende todo o cuidado com pacientes em casos críticos. Além de ter que liderar uma equipe com diversas pessoas e dialogar com outros especialistas e os familiares dos pacientes. 

Na UTI, o médico pode lidar com pacientes que precisam de monitoramento, com reserva fisiológica mínima, que saíram da cirurgia e precisam se recuperar da anestesia entre outros casos específicos e ainda realizar inserção de drenos torácicos, ultrassonografia à beira do leito e muito mais.

O médico intensivista tem uma rotina árdua, agitada e pode atuar como plantonista ou rotineiro.

 

remuneraçãO

O salário do médico intensivista é atrativo e possui uma média de R$ 10.324 por 24 horas semanais

Há um déficit de profissionais de Medicina Intensiva no Brasil e por isso houve um aumento da remuneração por hora trabalhada.

 

 

perfil do profissiOnal

O profissional de Medicina Intensiva precisa possuir habilidade de liderança e ter boa relação com a equipe. Deve ser compassivo e atencioso, pois tem contato diretamente com a família do paciente dando orientações e informações sobre o estado do enfermo. 

É essencial que o médico intensivista tenha a capacidade de trabalhar sob pressão e possuia controle emocional, pois lida com pacientes em casos críticos.

A maioria dos especialistas são homens, o número corresponde a 69,4% e a média de idade desses profissionais é de 48 anos. 

 

 

PERFIL DO Paciente

O paciente dessa especialidade possui doenças graves e são totalmente dependentes dos cuidados médicos, por isso o médico intensivista precisa ser qualificado e estar sempre preparado. 

 

 

MERCADO DE MEDICINA INTENSIVA

O mercado de trabalho de Medicina Intensiva é amplo e está em ascensão visto que houve um aumento de 76.56% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho no período de janeiro a julho de 2020. 

Existe a ideia de que os médicos são expostos ao stress, mas apesar da rotina e dos plantões dificilmente o especialista será incomodado após o horário de trabalho.

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM MEDICINA INTENSIVA

A Residência Médica de Medicina Intensiva dura dois anos e tem como pré-requisito as especialidades: Cirurgia geral, Clínica médica, Anestesiologia, Pediatria, Infectologia ou Neurologia.

Durante a Residência o médico irá aprender procedimentos práticos, segurança do paciente e controle de sistema de saúde, condições de falência única ou múltipla dos órgãos, conforto e recuperação entre outros.

Uma segunda maneira de se tornar um médico intensivista é realizando um programa de especialização em centro credenciado pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Após concluir esse período, também precisará ser realizado o exame de título.  

 

 

o futuro da MEDICINA INTENSIVA

A startup NUT desenvolveu uma plataforma que possibilita o monitoramento dos pacientes da UTI de forma remota. A ferramenta apresenta, em tempo real, todos os sinais vitais do paciente, com a opção de configuração dos limites de segurança e com alertas de notificações. Gerando uma economia de tempo pois não há mais a necessidade de fazer a verificação em cada leito. 

Por isso, é importante que o profissional esteja sempre atualizado e interessado em buscar novos meios de conhecimento para se aperfeiçoar na área e ficar por dentro das novas tecnologias. 

 

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL

 

FICHA TÉCNICA DE CIRURGIÃO PLÁSTICO

 

SE INTERESSOU?

Você já pensou em se tornar um médico intensivista? Pensa em seguir essa especialidade? Conta aqui nos comentários. Ainda está com dúvidas sobre qual especialidade médica escolher? Confira nosso Guia da R1 e saiba mais sobre outras carreiras médicas.

 

Outras Carreiras Médicas: 

 

comaprtilhar 0 0 705
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO