Ortopedia e Traumatologia

00/00/0000 - Saiba tudo sobre a Carreira de Ortopedia e Traumatologia: mercado para a especialidade, salário, perfil do especialista, Residência e muito mais. Confira agora!

No Brasil a Ortopedia é unificada com a Traumatologia, tendo a especialidade denominada de Ortopedia e Traumatologia ou Traumato-ortopedia, responsável por tratar das lesões provocadas por traumas como, por exemplo, acidentes e outras ocorrências que provoquem a fratura óssea. Ela é a 8ª especialidade mais numerosa, com 15.598 (4,1%) especialistas e tem um dos salários mais atrativos do mercado médico. 

 

 

O QUE FAZ E QUAL O CAMPO DE ATUAÇÃO Do ortopedisTA?

Na Ortopedia e Traumatologia, os focos de atuação do médico são os esqueletos apendiculares e os esqueletos axial. Dentre suas principais atividades estão:  

. Solicitação de exames específicos;

. Prescrição de remédios;

. Consultas e elaboração de tratamentos adequados aos paciente;

. Manter o paciente informado sobre cuidados necessários durante o tratamento;

. Indicar uma equipe de fisioterapia para ajudar o paciente na recuperação. 


O Ortopedista é um médico-clínico-cirúrgico que trabalha em uma área grande e vasta, podendo atuar em diversos campos: pronto-socorros; ambulatórios; consultórios; centros-cirúrgicos e uma instituição acadêmica de pesquisa e ensino. Após a anamnese e exame físico cuidadosos, o especialista deve saber observar gestual, marcha, práticas esportivas, posicionamento e amplitudes de movimento para diagnosticar o patológico, separando-o do fisiológico.

 

 

REMUNERAÇÃO NA ORTOPEDIA

Os Ortopedistas possuem um dos melhores salários dentre as especialidade médicas. De acordo com a pesquisa salarial divulgada pela Catho, a média salarial do médico Ortopedista no Brasil é de R$7.216,57 podendo ultrapassar os R$18 mil (vigentes para 20 horas trabalhadas), para aqueles que também atuam como cirurgiões. Já os médicos que estão em formação ou no início da carreira, podem aproveitar as vagas oferecidas pelos poderes municipais, estaduais e federais com salários iniciais na faixa de R$10 mil. 

 

 

PERFIL DO PROFISSIONAL DE OrtopedIA

Um bom Ortopedista deve cultivar um sentimento de grande dedicação e abdicação ao trabalho. Para exercer esta profissão é extremamente desejável que o profissional tenha características como: gostar de promover a saúde e bem-estar dos seus pacientes, satisfação em ajudar as pessoas, responsabilidade, bom relacionamento interpessoal, carisma, capacidade de organização e de observação, agilidade, dinamismo, capacidade de diagnosticar e raciocínio lógico.

Mesmo depois de formado, o Ortopedista precisa acompanhar os intensos avanços da especialidade, para isso necessita que esteja sempre estudando, se atualizando e participando de congressos.  

 

 

PERFIL DO PACIENTE DE ortopediA

Na Ortopedia e Traumatologia existe a possibilidade de atender tanto crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, de ambos os sexos. Os sintomas apresentados normalmente pelos pacientes são: dores constantes nas costas; cansaço excessivo; formigamentos; rigidez matinal e calor nas articulações.

 

 

MERCADO DE ORTOPEDIA

A especialidade de Ortopedia vem crescendo não só no Brasil, mas em todo o mundo. Em geral, os médicos dessa área possuem ótima qualidade de vida, pois conseguem bons empregos e uma boa remuneração. Devido a quantidade de traumas, e uma endemia em grandes centros por causa dos acidentes de trânsito, tem crescido a necessidade constante de ortopedistas no SUS e nos hospitais particulares.
 
O serviço público é um dos maiores contratantes de médicos no Brasil e oferecem bons salários para ortopedistas neste setor, especialmente em áreas com maior carência de assistência médica de urgência. A distribuição, no entanto, é bastante irregular. Os estados com a maior quantidade de especialistas são: São Paulo, com 3.819 profissionais registrados, seguido de Minas Gerais (1.419) e Rio de Janeiro (1.417).

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM ORTOPEDIA

Depois de completado seis anos de Medicina, o médico precisará fazer 3 anos de especialização em Ortopedia e Traumatologia, para obter o título de Ortopedista. Esta Residência é de acesso direto, possui alto índice de concorrência e um grande número de vagas no Brasil. 

Para quem deseja se especializar em Ortopedia e Traumatologia, o programa de Residência Médica do Governo Federal oferece uma bolsa no valor de R$2.976 por mês. As vagas são anunciadas no início de cada ano e, em média, são distribuídas mais de 6 mil bolsas em todo país.

 

 

SUBESPECIALIDADES DE ORTOPEDIA

Após 3 anos de Ortopedia Geral, é possível aproveitar a residência e se especializar em até 2 áreas específicas: 

 

 

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL DOS ESPECIALISTAS

A distribuição dos Ortopedistas também é bastante irregular no país e entre os estados. A região que lidera com o maior número de especialistas é o Sudeste com 53,8%, seguido do Sul 17,3% e Nordeste com 15,0%. Por último vêm Centro-Oeste com 9,9% e Norte com 4,0%. 

 

 

 

FUTURO DA ESPECIALIDADE

Com novas descobertas e avanços diários da tecnologia, a medicina tem sofrido constante transformação. Na ortopedia já ocorreu o surgimento das células tronco, próteses de cerâmica, transplante ósseo e muito mais. Cada vez mais há melhores materiais de osteossíntese para fraturas possibilitando uma recuperação mais rápida. Fraturas que antes eram tratadas com imobilização por meses, passaram a ser tratadas cirurgicamente e possibilitando ao paciente uma locomoção mais rápida.

 

FICHA TÉCNICA

 

SE INTERESSOU?

Se você acha que esse é seu futuro, corre para pesquisar os próximos concursos de Residência Médica! Caso contrário, pode conferir outras especialidades no nosso Guia do R1.

Outras Carreiras Médicas: 

. Anestesiologia;
. Cardiologia;
. Cirurgia Geral;
. Clínica Médica;
. Ginecologia e Obstetrícia
. Pediatria
. Medicina da Família e Comunidade; e
. Medicina do Trabalho.

 

O que você gosta de estudar? Qual acha que pode ser seu destino? Conta pra gente, queremos conhecer você!

 

comaprtilhar 10 0 0 2113
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO