Otorrinolaringologia

00/00/0000 - Saiba tudo sobre a Carreira Médica de Otorrinolaringologia: mercado para a especialidade, salário, perfil do especialista, Residência e muito mais. Confira agora!

Será que você consegue falar o nome dessa carreira médica sem travar a língua? Além de Otorrinolaringologia, ela popularmente também é chamada de Otorrino, sendo uma das especialidades mais completas, responsável pelo tratamento de problemas relacionados ao ouvido, nariz, boca e garganta.

Otorrino é uma área clínico-cirúrgica, que estuda 3 dos 5 sentidos do corpo humano: Paladar (laringologia), Olfato (rinologia) e audição (otologia). Por ser tão abrangente, ela é a 14ª especialidade mais procurada entre os médicos, com 6.373 especialistas (Masculino 61,2% e Feminino 38,8%).

 

 

CAMPO DE ATUAÇÃO DO OTORRINOLARINGOLOGISTA?

O campo de trabalho dos Otorrinolaringologistas é amplo, podendo trabalhar em clínicas particulares, hospitais públicos ou investir em seu próprio consultório

Tirando a parte cirúrgica, a rotina de um Otorrino é bastante tranquila. Tendo como abordagem inicial uma anamnese completa e diferenciada, com perguntas relacionadas a limpeza, hábitos que prejudiquem respiração, alergias ou histórico de cirurgias na região da cabeça e pescoço.

A área de atuação depende das suas habilidades, podendo atuar como clínico: realizando consultas, tratando alergias, diagnosticando e tratando lesões nas pregas vocais, amígdalas e adenóides ou estruturas afetadas por tumores. Já como cirurgião, é possível realizar cirurgia estética e funcional da face. 

Procedimentos mais comuns na rotina do Otorrinolaringologista:

Videolaringoscopia;
Remoção de cáseo;
Remoção de cerúmen;
Videoendoscopia nasal; e
Diagnóstico de vestibulopatias periféricas.

Já entre as cirurgias mais realizadas estão: 
Adenoamigdalectomia
Timpanoplastia
Septoplastia.

 

 

SALÁRIO E CARGA HORÁRIA DOS OTORRINOLARINGOLOGISTAS

O Médico Otorrinolaringologista ganha em média R$6.249,35 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 20 horas semanais de acordo com pesquisa do salario.com.br

 

 
 

PERFIL DO PROFISSIONAL DE OTORRINOLARINGOLOGIA

Para quem quer seguir a carreira de Otorrino precisa buscar novos conhecimentos e se dedicar ao aprendizado das diversas técnicas cirúrgicas empregadas nesta especialidade.

O Otorrinolaringologista que quer ser diferenciado no mercado deve ter bastante dedicação, profissionalismo e atualização constante, através da participação em congressos, encontros da classe médica, pesquisas, interação e aprendizado, buscando sempre algo novo.

 

 

PERFIL DO PACIENTE DE  OTORRINOLARINGOLOGIA

Em geral, o otorrinolaringologista atende pacientes (adultos e crianças de ambos os gêneros) que na maioria das vezes são encaminhados pelo plano de saúde, apresentando infecções respiratórias ou nos ouvidos, surdez ou algum quadro de obstrução nasal.

 

 

MERCADO DE TRABALHO DE OTORRINOLARINGOLOGIA

No último ano foi registrado um aumento de 75% nas contratações formais do especialista em Otorrino com carteira assinada em regime integral de trabalho no Brasil. 

O Mercado de trabalho no país é amplo nos estados e municípios, sendo São Paulo a cidade com mais ocorrências de contratações e por consequência com mais vagas de emprego para Médico Otorrinolaringologista.

Além da cidade, existem áreas onde os Otorrinos encontram maiores oportunidades no mercado de trabalho, como Laringologia, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia de Base do Crânio e  Cirurgia Estética Facial. Já Otologia e Rinologia estão entre os campos com atuação máxima.

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM OTORRINOLARINGOLOGIA

A Residência Médica em Otorrinolaringologia é de acesso direto (não exigem pré-requisitos) e possui 3 anos de duração, com carga horária de 60 horas semanais.

Assim como em outras especialidades médicas, o médico residente que decidir fazer Otorrino receberá uma bolsa mensal no valor de R$ 3.330,00. Durante o curso, as atividades são distribuídas em ambulatoriais, cirurgias, plantões em emergências, atividades acadêmicas e de pesquisa.

 

OBS: Logo nos primeiros anos de estágio, o residente faz contato com as práticas cirúrgicas. Confira aqui todas as competências por ano de treinamento, determinadas pelo MEC (Ministério da Educação).

 

 

SUBESPECIALIDADES DE OTORRINOLARINGOLOGIA

As opções de subespecialidades na Otorrinolaringologia são muitas: 

Otologia/Otoneurologia (doenças do ouvido e distúrbios do equilíbrio);
Rinologia (doenças do nariz e também dos seios da face);
Laringologia (doenças da laringe e garganta);
Medicina do Sono (distúrbios do sono em geral, ronco e apneia);
Cirurgia Cérvico Facial (doenças da cabeça e pescoço, englobando a tireoide);
Cirurgia Crâniomaxilofacial (doenças e deformidades do crânio e dos maxilares);
Foniatria (Distúrbios de Comunicação e Aprendizagem);
Otorrinolaringologia Pediátrica (deformidades congênitas e baixa de audição em crianças);
Otorrinolaringologia ocupacional (doenças relacionadas ao trabalho);
Cirurgias Plásticas faciais (Rinoplastias estéticas e reconstrutoras e Otoplastias); e
Cirurgia Plástica de Pálpebras (blefaroplastias).

 

 

curioSidade sobre a especialidade

Poucas especialidades médicas sofreram tantas mudanças e desenvolvimentos científicos nos últimos anos quanto a Otorrinolaringologia. Com o passar do tempo, esta especialidade foi sendo aperfeiçoada devido ao avanço tecnológico na Medicina. 

Na otorrino, crianças surdas têm a oportunidade de escutar sons por meio dos implantes cocleares. Os aparelhos de surdez digitais tornaram-se muito importantes para os que sofrem de perda de audição moderada. E graças ao desenvolvimento de técnicas operatórias também foi possível diminuir o tempo de internação e o risco de infecções hospitalares.

 

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL DOS OTORRINOLARINGOLOGIAs

Segundo informações da demografia Médica, a razão desses especialistas por 100 mil habitantes é de 3,07. A distribuição dos Otorrinolaringologistas nas regiões são: Norte (3,2%), Nordeste (16,4%), Sudeste (55,0%), Sul (17,1%) e Centro-Oeste (8,3%).

 

 

FICHA TÉCNICA DE OTORRINOLARINGOLOGIA

 

SE INTERESSOU?

Se você acha que esse é seu futuro, corre para pesquisar os próximos concursos de Residência Médica! Caso contrário, pode conferir outras especialidades no nosso Guia do R1

Outras Carreiras Médicas: 

 

Gostou da área de Otorrino? Pensa em seguir outra Carreira Médica? Conta pra gente nos comentários! 

 

comaprtilhar 4 0 0 2983
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO