Oncologia

00/00/0000 - Saiba tudo sobre a Carreira de oncologia: mercado para a especialidade, salário, perfil do oncologista, residência médica e muito mais. Confira agora no Soul Medicina!

O mercado de oncologia está em expansão no Brasil devido ao avanço das técnicas de diagnósticos e progresso no tratamento do câncer. Essa residência médica possui pré-requisito em clínica médica e tem duração de três anos. 

 

CAMPO DE ATUAÇÃO

O profissional dessa especialidade atua no tratamento e atendimento de pacientes com câncer, com exceção dos que possuem origem hematológica como leucemias, linfomas e mieloma múltiplo. 

O oncologista trabalha em equipe com diversos profissionais, inclusive, de outras especialidades.

A carga horária é predominantemente ambulatorial e geralmente não há atuação em plantões, exceto os de quimioterapia e intercorrências. 

 

 

remuneraÇÃO

A remuneração do oncologista varia de acordo com a região e tipo de procedimento e paciente. No caso do câncer de mama, por exemplo, o custo total médio por sessão de quimioterapia corresponde a R$ 1.783,01.

 

 

perfil dO profissional

Essa especialidade possui grande carga emocional, pois o oncologista irá lidar diretamente com a família e com os pacientes que podem estar desacreditados e abalados emocionalmente devido a reputação do câncer. É imprescindível que o oncologista esteja ciente das limitações de cada paciente.

Em oncologia, 57,0% dos especialistas são homens e 43% são mulheres. A média de idade desses profissionais é de 44 anos.

 

 

PERFIL DO PAciente

Os pacientes dessa especialidade são adultos e idosos de ambos os sexos. Normalmente, os pacientes já passaram por outros profissionais e o oncologista precisa explicar possíveis dúvidas e tranquilizar o paciente e os familiares.   

O tempo de tratamento pode ser longo e isso contribui para uma relação de confiança do paciente com o médico. 

 

 

mercado de oncologia

Atualmente, existem 317 unidades e centros de assistência habilitados em oncologia no Brasil e o estado de São Paulo tem a maior rede de hospitais de combate ao câncer do país. 

De acordo com o INCA, para 2020 a estimativa é de 625.360 casos de câncer  diagnosticados. Isso também promove um crescimento no mercado e uma busca maior por profissionais. 

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM ONCOLOGIA

No primeiro ano da residência médica de oncologia há um grande foco na avaliação dos pacientes internados e nos anos seguintes no atendimento ambulatorial. 

Na residência há estágios em pronto atendimento, radioterapia e serviços externos.

Não é possível realizar uma subespecialização no Brasil após a residência, devido a isso, há profissionais que escolhem se especializar no exterior.

 

 

O FUTURO DA ONCOLOGIA

De acordo com o Clovis Klock, presidente da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), o futuro da tratamento do câncer é a medicina personalizada, que consiste na adequação do tratamento médico às características individuais de cada paciente. 

A medicina personalizada possibilita que o profissional trace possíveis rumos que podem ser tomados no tratamento de diferentes pacientes e casos. 

 

distribuição regional

 

ficha técnica

 

Se interessou?

Você pensa em seguir essa carreira médica e se tornar um oncologista? Conta aqui nos comentários. Ainda está com dúvidas? Confira nosso Guia da R1 e fique por dentro de outras especialidades médicas

 

 

Outras Carreiras Médicas: 

 

comaprtilhar 0 0 465
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO