Clínica Médica
guia_carreira_médica_clínica_médica_interna

17/04/2019 - Conheça tudo sobre a Clínica Médica: Residência, mercado para a especialidade, remuneração, pacientes, perfil do especialista e muito mais. Confira agora!

Clínica Médica é a área com maior campo de atuação e com mais especialistas na Medicina. A característica principal dela é a diversidade. O trabalho é realizado em Hospitais e Ambulatórios, tanto públicos como privados, além de Consultórios –que muitos médicos abrem o próprio.

 

REMUNERAÇÃO NA CLÍNICA MÉDICA

A remuneração por 24 horas de trabalho semanais fica entre R$ 7 mil e R$16 mil. Podendo vender seu plantão por aproximadamente R$ 1,6 mil. Contudo, o salário do especialista em Clínica Médica varia de acordo com experiência do profissional e, principalmente, região de atividade.

Por conta da concentração de médicos na região Sudeste, o governo brasileiro tende a valorizar o salário de especialistas que optam por atuar no interior do país. Sendo assim, quanto menos acessível uma região, maior o salário.

 

PERFIL DO PROFISSIONAL DE CLÍNICA MÉDICA

É o médico curioso, que precisa de muita atenção aos sintomas do paciente e tem que estar sempre se atualizando. Deve estar sempre atento aos resultados de exames por conta dos falso-positivos e preparado para eventuais emergências. É importante estar ciente das limitações e saber quando procurar outros especialistas, pois vai interagir bastante com outros profissionais.

 

PERFIL DO PACIENTE de clínica médica

O profissional atua em diferentes casos, incluindo raros, complexos e até os mais simples, com pacientes no fim da adolescência até os idosos. Normalmente, é do Clínico que eles recebem o diagnóstico e iniciam o tratamento. Acontece também do médico acompanhar um mesmo paciente durante a vida, criando uma ligação emocional e de confiança entre ambos.

 

MERCADO DE CLÍNICA médica

Se pretende trabalhar em Hospitais e Ambulatórios públicos, existe grande oferta de trabalho longe dos grandes centros. É possível também trabalhar em Emergências, em formato de plantões, sendo um trabalho mais tenso.

Se pretende abrir Consultório, a boa notícia é que o investimento dos equipamentos não é tão alto para se trabalhar. A má é a dificuldade de obter o cadastro para atender convênios, principalmente em lugares com muitos especialistas. Por isso, muitos têm seus serviços terceirizados.

 

RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA 

A Residência em Clínica Médica é de acesso direto e dura 2 anos. São 42.728 Clínicos Médicos registrados no país (até 2018) e são oferecidas, aproximadamente, 3.200 vagas de RM por ano. São muitas vagas para a especialidade, mas também ela é muito concorrida, isso porque grande parte dos médicos fazem Clínica Médica pensando nas inúmeras subespecialidades em que ela é requisito. 

 

SUBESPECIALIDADES DE CLÍNICA MÉDICA 

Clínica Médica é requisito para todas as especialidades clínicas, tirando Dermato e Neurologia. Pode variar de acordo com a instituição, mas numa perspectiva geral, essas são as subespecialidades mais reconhecidas que tem CM como requisito. Conheça elas aqui: 

 
  • Oncologia (+3 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de tumores e câncer.

    • ​Salário médio: R$ 9 mil por 24h semanais. 

 

  • Cardiologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias do coração e todo sistema circulatório.

    • Salário médio: R$ 7 mil por 24h semanais.

 

  • Endocrinologia e Metabologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias do metabolismo e sistema endócrino.

    • Salário médio: R$ 7 mil por 20h semanais.

 

  • Gastroenterologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias do sistema digestivo.

    • Salário médio: R$ 8 mil por 20h semanais.

 

  • Geriatria (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias ligadas ao envelhecimento.

    • Salário médio: R$ 7 mil por 20h semanais.

 

  • Pneumologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias pulmonares e do sistema respiratório.

    • Salário médio: R$ 6,1 mil por 20h semanais.

 

  • Hematologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias do sangue e órgãos relacionados, como: medula, linfonodos, gânglios e baço.

    • ​Salário médio: R$ 6,5 mil por 29h semanais.

 

  • Nefrologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias do sistema urinário.

    • ​Salário médio: R$ 5,6 mil por 24h semanais.

 

  • Nutrologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias relacionadas à nutrição humana.

    • ​Salário médio: R$ 7,4 mil por 25h semanais.

 

  • Medicina Intensiva (+2 anos): Atende pacientes em estado crítico de saúde e que necessitam de acompanhamento intensivo.

    • ​Salário médio: R$ 8,1 mil por 24h semanais.

 

  • Reumatologia (+2 anos): Especialista em diagnóstico e tratamento de patologias das articulações, ossos, músculos, e às vezes outros órgãos.

    • ​Salário médio: R$ 6,8 mil por 22h semanais.

 

DISTRUBUIÇÃO REGIONAL DOs ESPECIALISTAS

Clínica Médica é a Residência mais concursada e a com mais especialistas no país, porém, a distribuição de profissionais ainda não atende a demanda da população. Enquanto o Sudeste detém mais da metade dos profissionais, o Norte, por outro lado, sobrevive com apenas 1452 especialistas para 15,8 milhões de pessoas.

Contudo, essa problemática tem sido atacada por políticas de incentivo à interiorização dos médicos. Programas e projetos governamentais têm procurado melhorar cada vez mais a remuneração dos profissionais que se mudarem para essas regiões. Com isso, apesar da deficiência de equipamentos, recursos e companheiros de outras especialidades, muitos médicos com Residência em CM têm buscado experiência no interior do Brasil.

A distribuição da especialidade até 2018 segue: o Sudeste com 53% dos especialistas; o Nordeste com 18%Sul com 17%; Centro-Oeste com 9%; e o Norte com 3% dos profissionais.

 

FUTURO DA ESPECIALIDADE

A tendência da área é continuar crescendo graças ao impulsionamento do atendimento primário e preventivo. Programas governamentais como o Mais Médicos e projetos como Médicos Sem Fronteiras sempre buscam médicos da área para missões mais complexas. Por enquanto a perspectiva é que o especialista seja mais procurado para atender longe dos centros urbanos.

Além disso, outra atenção deve ser dada a possíveis epidemias e/ou pandemias. Em crises como a Gripe Aviária ou H1N1, esse médico é o primeiro e, inevitavelmente, o mais exposto à contaminação. Portanto, a atenção desse profissional deve ser ainda maior.

Infelizmente, num futuro não tão distante, o Clínico Geral deve estar pronto para atender casos de doenças previamente extintas. Com a desinformação sobre vacinas e outras técnicas preventivas, doenças até então erradicadas têm voltado a aparecer no dia-a-dia dos postos de saúde. Sendo assim, é bom o clínico permanecer alerta sobre essa demanda.

Outra mudança sobre o mercado é que os consultórios apenas de Clínica Médica tem se tornado menos comum, isso porque é mais usual abrir em conjunto com outras especialidades ou terceirizando os serviços.

 

FICHA TÉCNICA DA CLÍNICA MÉDICA

 

SE INTERESSOU?

Se você acha que esse é seu futuro, corre para pesquisar os próximos concursos de Residência Médica! Caso contrário, pode conferir outras especialidades no nosso Guia do R1. Quem sabe algo como Ginecologia e Obstetrícia não tenha mais a ver com você?

O que você gosta de estudar? Qual acha que pode ser seu destino? Conta pra gente, queremos conhecer vocês!

 

comaprtilhar 4 0 0 3940
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO