Residência Médica e Especialização: Entenda as diferenças
residencia_x_especialização_interna

21/06/2018 - Especialização com prova de título e a Residência Médica são opções de pós-graduação mas a duração, salário e forma de ingresso são diferentes. Confira!

 

A faculdade de Medicina está acabando, mas, provavelmente, ainda não é o fim da sua vida acadêmica. Existem algumas etapas para cumprir dependendo das suas ambições profissionais. Tem basicamente dois caminhos a seguir: A especialização ou a residência médica, mas você sabe as diferenças entre as duas? 

Elas são modalidades diferentes de pós graduação e que, apesar de terem como objetivo tornar o médico especialista em uma determinada área, possuem características bem diferentes:

 

 

RESIDÊNCIA MÉDICA

A residência é a opção para quem quer atuar em alguma especialidade em hospitais, UBSs, clínicas e etc. Para ser um residente, você precisa escolher uma área médica para atuar. Então, você participa de um concurso em algum hospital de sua preferência, passa por uma avaliação teórica, prática e, por fim, uma avaliação curricular, além de uma entrevista.

Ao ser aprovado, você inicia sua residência médica que pode durar 2 anos ou mais, dependendo da especialidade. Durante esse período, o residente vai atuar no hospital com mais autonomia, mas sempre com supervisão do corpo médico. É uma carga horária mais pesada, com estudos integrais e plantões. Ao término da residência, você faz uma prova de título e, enfim, é considerado um especialista na área em que atuou. 

As provas para as residências médicas são bastante concorridas, e os alunos começam a se preparar nos últimos anos da faculdade estudando por apostilas, fazendo cursos práticos como os do MEDGRUPO. É uma fase de muitos estudos, mas que podem ser compensados para o resto da vida. A Residência Médica é, sem dúvidas, a alternativa mais valorizado de especialização no meio médico. 

Fizemos um Guia com todas as especialidades de acesso direito. Confira! 

 

ESPECIALIZAÇÃO

Nesse módulo, o recém-formado em medicina se matricula em alguma universidade para realizar a especialização, que funciona como uma pós graduação. Ela aprofunda o conhecimento teórico, prepara o médico para a atuação acadêmica e dá oportunidade para a participação em pesquisas que visam a evolução da área estudada.

No Brasil, existem dois tipos de pós-graduação: lato sensu e stricto sensu. O primeiro é dividido em especialização, MBA e residência. O segundo é para mestrado e doutorado. 

Após o curso, o médico consegue o Título de Especialista e está preparado para atuar no mundo acadêmico. Caso ele queira atuar como um médico em hospitais e etc, na área em que se especializou, vai precisar fazer uma prova de título de especialista.  

As aulas de especialização ocorrem em fins de semana, quinzenalmente ou até mensalmente, bem diferente da intensa carga horária da residência

 

ACREDITE NO SEU SONHO

Lembre-se: Não há limites para o orgulho de ser médico, o médico que quiser ser. Então não deixe de acreditar no seu sonho, seja fazendo uma Residência ou uma Especialização, o importante que o Soul Medicina estará sempre ao seu lado nessa caminhada. Se gostou deste post, deixe seu like e compartilhe com seus colegas!

 
 
comaprtilhar 5 0 0 2184
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO