Como estudar Medicina em Portugal

- Apesar dos desafios, é possível cursar Medicina em Portugal! Conheça os requisitos e os trâmites necessários para ingressar em uma faculdade portuguesa.

Portugal tem sido um país muito visado por brasileiros que desejam cursar Medicina no Exterior - seja por programas de mobilidade e intercâmbio ou através de regime geral de acesso -, devido seu baixo custo, facilidade de entender a língua e adequar-se a cultura da região, além de possuir uma lista de Universidades Públicas conceituadas e reconhecidas pela ótima qualidade de ensino

Embora o país tenha muitos atrativos, os estudantes internacionais não podem fazer faculdade de Medicina por lá, exceto se cumprirem alguns requisitos. Quer saber quais são eles e como funciona o curso em Portugal? Então continue de olho na matéria para “não ficar a ver navios!”

Requisitos para cursar Medicina em Portugal

Estudar Medicina em Portugal pode ser um sonho, porém não é tão fácil quanto parece. De acordo com as normas do país, estudantes internacionais não podem fazer faculdade de Medicina, a não ser que tenham algumas das opções abaixo:

1. Nacionalidade Portuguesa
O Brasileiro que possuir cidadania Portuguesa pode prestar o Exame Nacional - semelhante ao ENEM do Brasil, assim como qualquer outro cidadão Português. Se conseguir atingir boas notas, ele poderá candidatar-se para o curso de Medicina em Portugal.

2. Dupla Cidadania de um país membro da UE
O candidato não será considerado estudante internacional e terá a possibilidade de fazer a inscrição no Concurso Nacional para quaisquer cursos, incluindo medicina, prestando o Exame Nacional em Portugal.

3. Residir legalmente em Portugal a mais de 2 anos (sem interrupção)
O candidato deve possuir uma autorização de residência válida, entre outros documentos que comprovam a sua residência em Portugal a mais de 2 anos. Os 2 anos deverão estar completos até o dia 31 de agosto do ano letivo que pretende estudar na universidade Portuguesa, já que as aulas iniciam no mês de Setembro.

4. Solicitar o Estatuto de Igualdade de Direito e Deveres
Esse estatuto foi um acordo feito no Brasil, em 22 de abril de 2000, por meio de um tratado de Amizade, cooperação e Consulta entre República Portuguesas e a República Federativa Brasileira. Ele beneficia tanto brasileiros que vivem em Portugal, quanto Portugueses que moram no Brasil.

 

O brasileiro que tiver mais de 18 anos e que tenha residido legalmente em Portugal a mais de 6 meses, ou seja, com autorização de Residência, tem direito de pedir o documento que os permite ter os mesmos direitos e deveres de um Português - mesmo que seja um estrangeiro. E vice-versa! 

Dependendo da cidade e da época do ano em que foi realizado o pedido, o prazo para entrega do documento pode variar de 1 mês até 8 meses. Após o recebimento do estatuto o candidato estará apto a fazer sua inscrição no Concurso Nacional para prestar o exame, e adiante, concorrer a uma vaga em Medicina. 

 

IMPORTANTE: Em todas as possibilidades de acesso ao curso de Medicina apresentadas acima, o candidato que completou o ensino médio fora de Portugal, deverá apresentar a equivalência Diploma/Certificado de conclusão e Histórico escolar do ensino médio junto a uma escola secundária em Portugal. 

 

 

Veja também qual o salário e como ser médico em Portugal.

 

como funciona o curso de MEDICINA EM PORTUGAL

Assim como no Brasil, em Portugal o curso de Medicina é composto por aulas teóricas e práticas, com duração de 6 anos. Mas apesar do tempo ser o mesmo, os ciclos funcionam de maneiras diferentes (3 anos de ciclo básico e 3 anos de ciclo clínico), sendo este último ano do ciclo clínico destinado ao estágio supervisionado - conhecido no Brasil como internato.

 

internato (Brasil) = Ciclo Clínico (Portugal)

 

Com a assinatura da declaração de Bolonha, nos “tempos de outra senhora” (1999), o curso de Medicina passou a ter mestrado integrado (MI), ou seja, o estudante tem a possibilidade de fazer graduação e mestrado em Portugal em cerca de 6 anos. Os mestrados integrados são mais comuns no caso de cursos mais longos, como medicina, e são divididos em ensino teórico e prático. 

Após esses 6 anos de formação acadêmica, o aluno que deseja ganhar autonomia deve obrigatoriamente fazer o 7º ano (remunerado), chamado de Internato de Formação Geral - o que equivale a Residência Médica do Brasil. Somente depois de concluído esses 7 anos que é possível aceder à especialidade através de um exame único que é feito anualmente.

 

Residência (Brasil) = Internato (Portugal)

 

Este ciclo integrado compreende um conjunto de unidades curriculares, e para terminar a graduação e obter o grau de Mestrado é necessário cumprir a última etapa que é a residência médica, chamado de internato médico por lá. Deve-se concluir apresentando uma redação e defesa de tese ou de um relatório de projeto ou de estágio, equiparado na prática a um TCC no Brasil. 

Entenda melhor na tabela a seguir!  

IMPORTANTE: A formação em Medicina é regulamentada a nível europeu e reconhecida entre os estados-membros da EU, ou seja, o profissional desta área pode atuar em toda a união européia.  

 

Os brasileiros que desejam retornar para o Brasil a fim de exercerem a profissão, deverão revalidar o seu diploma.   

 

Faculdades de Medicina em Portugal: quais são e quanto custam?

Os cursos de Medicina em Portugal são oferecidos pelas Universidades Públicas Portuguesas. E, embora o ensino superior seja público, eles não são gratuitos como no Brasil. Neste caso, para ingressar em uma universidade de Medicina em Portugal é preciso pagar valores anuais (chamadas de "propinas" em Portugal), que variam de acordo com cada instituição: entre 1500 e 7000 euros. Além disso, os preços também apresentam diferenças entre cidadãos europeus e não-europeus. 

Atualmente, apenas 7 faculdades possuem o Mestrado Integrado voltado para Medicina (1 em Braga, 1 em Coimbra, 1 Covilhã, 2 em Lisboa e 2 em Porto). Na cidade de Faro, localizada na região do Algarve, tem um ciclo especial para licenciados na área de saúde para aqueles que querem fazer ensino complementar para se tornar médicos.

Já nas ilhas da Madeira e dos Açores têm apenas o ciclo básico (3 primeiros anos) do curso. Neste caso, o aluno terá que terminar sua graduação nas escolas de Lisboa e Coimbra, respectivamente.

Para saber melhor sobre cada uma das universidades listadas, acesse os seguintes links:

Universidade do Algarve (UAlg);

Universidade da Beira Interior (UBI);

Universidade de Coimbra (UC/ FMUC);

Universidade de Lisboa (ULisboa);

Universidade Nova de Lisboa (UNL);
  
Universidade do Minho (UM, UMinho);

Universidade do Porto (UP);

Universidade dos Açores (UAc);

Universidade da Madeira (UMA) | Estudantes brasileiros em UMA.

 

Como estudar Medicina em Portugal 

Medicina é muito concorrido em todos os países e em Portugal não é diferente. Para ingressar nesse curso em uma universidade Portuguesa é preciso fazer o Exame Nacional e conquistar boas notas. Para passar é essencial que o candidato tenha uma média alta,  proveniente de “bué” dedicação e um bom preparo

De acordo com a legislação portuguesa, o curso de Medicina é o único que não aceita a nota do ENEM como porta de entrada. Logo, os estrangeiros só podem ingressar na faculdade fazendo o vestibular tradicional aplicado em solo português

Vale lembrar que a média exigida varia de acordo com a instituição escolhida. Cada universidade possui um processo de seleção próprio e exigências de notas diferentes (9,0 / 9,5 e 10). O cálculo da nota de entrada na faculdade será feita da seguinte forma: 50% da média das notas das provas cobradas pela instituição e os outros 50% da média do seu ensino secundário

Por exemplo, na Universidade do Minho são necessários 3 provas: Biologia e Geologia; Física e Química; e matemática. Logo, 50% da sua nota de entrada vai ser a médica dessas 3 notas, já os outros 50% vai ser a médica do seu ensino secundário (ensino Médio Brasileiro). 

 

Ensino Médio (Brasil) = Ensino Secundário (Portugal)

Quer conferir a nota de entrada necessária em cada universidade? clique aqui, vá até onde tem escrito "Medicina" e digite o nome da universidade que desejar.

 

Assessorias Estudantins em Portugal 

É inevitável que dúvidas e inseguranças surjam à medida que novos caminhos e possibilidades são projetados -ainda mais quando se trata de estudar Medicina em Portugal. Para muitos, esta tarefa acaba tornando-se complexa e difícil, pois é preciso ter muita atenção e conhecimento para resolver todos os trâmites e burocracias em tempo hábil.

Foi pensando justamente em auxiliar esses estudantes brasileiros que estão se preparando para estudar fora do país, desde a escolha da faculdade até a chegada em Portugal, que empresas de assessorias estudantis passaram a oferecer seus serviços de assistência.

São muitas as empresas que prestam serviços de assessoramento em Portugal, mas para te facilitar e agilizar sua busca, separamos abaixo uma lista com algumas opções:

 

Conheça um pouco mais sobre a NB Intercâmbio 

NB Intercâmbio é a primeira assessoria estudantil em Portugal, especialista nos processos acadêmicos para estudantes estrangeiros. Seus serviços ajudam o estudante a encontrar qual universidade e cidade se encaixam melhor ao seu perfil, bem como os orienta na parte de candidatura à matrícula e na organização dos documentos corretos e necessários para o ingresso na instituição. 

A proposta oferecida pela NB Portugal é completa, e te ajudará a conseguir o visto de estudante, passagens aéreas e até acomodações. Isso tudo é possível devido a grandes parcerias com empresas especializadas no mercado português e brasileiro.

Esta é uma ótima referência para quem procura conseguir processos facilitados e resolvidos de forma clara e profissional, seja para assuntos relacionados ao ensino superior em Portugal ou para serviços de obtenção de equivalência do Diploma/Certificado de conclusão e Histórico escolar do ensino médio. 

 

Medicina além do horizonte  

Além do horizonte, existe um lugar (Portugal), bonito e tranquilo, para você cursar Medicina. Fazer faculdade no exterior pode ser um desafio e tanto, porém, o conhecimento e experiência adquiridos são únicos. 

Agora que você já sabe o que é preciso para cursar Medicina em Portugal, conta para gente o que achou dessa oportunidade! Tu “tens lata” para ir além do horizonte só para realizar seu sonho? 

 

comaprtilhar 0 0 1847
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO